Descoberto bug que pode afetar 500 milhões de computadores

Um bug, apelidado até o momento de Shellshock, foi descoberto em um componente de software conhecido como Bash – Bourne-Again Shell, presente em plataformas Unix, responsáveis pela construção dos sistemas Linux e até o Mac OS, da Apple.

Essa falha de segurança poderia ser só mais uma das tantas encontradas diariamente na internet se não fosse o nível de periculosidade que ela representa para os usuários dos sistemas citados.

De acordo com o OGLOBO, o bug já é classificado como “mais perigoso que o Heartbleed”, considerado uma das maiores falhas da internet, que afetou – em abril deste ano – cerca de 500 mil máquinas em todo o mundo. Um especialista da Rapid7, empresa norte-americana de segurança e vulnerabilidade na web, avaliou a falha como nível 10 (nível máximo) e de baixa complexidade, o que faz com que qualquer hacker seja capaz de utilizar o bug para invasões.

A previsão é de que o Shellshock possa afetar impressionantes 500 milhões de máquinas através de invasores maliciosos, que podem tomar o controle dos sistemas operacionais e, consequentemente, dos computadores pessoais. Isso signifca, segundo o professor Alan Woodward, pesquisador da Universidade de Surrey, na Inglaterra, que os usuários utilizariam computadores com as “portas abertas”, sem nenhuma segurança, o que é um grande risco na era da internet.

Até o momento, o único conselho dado pelos especialistas é que os usuários instalem as atualizações de segurança oferecidas pelos sistemas operacionais, mesmo que estas não resolvam totalmente o problema e, claro, fiquem ligados em métodos de segurança e informes das empresas desenvolvedoras dos computadores sobre alguma possível orientação.

Fonte: OGLOBO

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s