Comemore o Dia Mundial da Senha 2016

Intel_iq_MFA_password_v2-980x653-980x653

 Em uma era na qual frequentes ataques online comprometem dados pessoais confidenciais, os peritos em segurança recomendam sistemas de gerenciamento de senhas para ficar seguro no Dia Mundial da Senha e depois dele também.

Todos os anos, pesquisadores de segurança escolhem as piores senhas da Internet; as senhas que foram corrompidas ou vazaram online demonstram uma tendência perturbadora: embora os eventos culturais de massa mais populares tenham causado alguns abalos na lista das piores senhas de 2015 (“starwars”, “solo” e “princesa” apareceram pela primeira vez entre as 25 mais usadas), em um conjunto de amostras de mais de 2 milhões de senhas, as três primeiras da lista ainda são as suspeitas de sempre “123456”, “senha” e “qwerty.”

Não é de surpreender então que os pesquisadores estimem que 90% das senhas geradas pelos usuários sejam vulneráveis a invasões. Mesmo senhas “seguras” proporcionam muito pouca proteção em um mundo onde um grande volume de vazamentos de senhas seja lugar comum.

Snell disse que o problema é que muitas empresas não criptografam as senhas que armazenam online, deixando-as vulneráveis a violações. Target, Sony e Anthem são alguns exemplos recentes que receberam muita atenção, mas diversas outras empresas sofreram violações semelhantes.

A criptografia pode fazer grande diferença. Snell afirmou que até mesmo um algoritmo de criptografia relativamente simples exigiria anos para que os hackers o decodificassem usando um computador básico.

Embora os usuários não possam obrigar as empresas a criptografar seus dados, eles podem proteger melhor suas contas. Em homenagem ao quarto Dia Mundial da Senha, comemorado anualmente em 5 de maio, a Segurança Intel incentiva os usuários a utilizarem autenticação de múltiplos fatores (MFA, na sigla em inglês) para adicionar mais uma camada de proteção a suas senhas.

Até mesmo o Presidente Obama recentemente incentivou os americanos a “se capacitar” e “se proteger online”, indo além das senhas e recorrendo à MFA em um artigo publicado no Wall Street Journal.

Fonte: https://passwordday.org/br/

Anúncios

About carlosfabiano

Analista de infraestrutura e Segurança Professor de Tecnologia da Informação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: