A McDonald’s quer te conhecer melhor

Esta semana, a McDonald’s reabriu uma das suas unidades mais famosas – a que fica no cruzamento da Avenida Brasil com a Rua Henrique Schaumann, em São Paulo – totalmente reformada, adequada às novas diretrizes da empresa de fast-food. A loja conta com máquinas de autoatendimento e tablets nas mesas à disposição dos clientes.

Os pedidos podem ser totalmente personalizados, adicionando molhos e itens de outros hambúrgueres. Mudanças que deverão chegar às 904 unidades da marca em todo País dentro dos próximos dois anos, e que vêm ocorrendo em todo o mundo, em um projeto mundial da marca.

Tanto quanto dar aos clientes a possibilidade de customizar uma refeição ao seu estilo, a McDonald’s quer conhecer melhor os hábitos dos frequentadores das lojas, e assim planejar melhor ofertas, promoções e até a própria construção do cardápio. “Por trás dos totens e do aplicativo, há uma inteligência na coleta de dados que nos permitirá distinguir as características particulares de uma região, um estado, uma cidade e até um indivíduo, e trazer aprendizado para o negócio”, explica Paulo Camargo, presidente da Arcos Dorados (operadora do McDonald’s) no Brasil.

Os dados de consumo serão coletados (voluntariamente) dos usuários através do aplicativo da McDonald’s e dos totens e poderão ajudar a criar campanhas para as lojas da rede ou até individualizadas para os clientes. “Uma pessoa que vem sempre na unidade fazer uma refeição, mas nunca foi ao café, pode ganhar uma cortesia diretamente pelo app, por exemplo”, conta o executivo.

O aporte de informação que a empresa espera ter dos consumidores, e as soluções que poderão ser criadas a partir disso, criam na marca a expectativa de gerar novas oportunidades de negócios. “O menu dos totens conversa com os caixas e quiosques de pedidos. Então eu posso, do meu escritório, customizar promoções em cada ponto de venda dependendo do estoque de produtos – levando em conta qualquer variável, como temperatura, perfil de público e horários de maior consumo”, completa Camargo.

Fonte: Mundo Bit

Anúncios

About carlosfabiano

Analista de infraestrutura e Segurança Professor de Tecnologia da Informação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: