Golpes no WhatsApp – Hackers usam greve dos caminhoneiros e Seleção Brasileira

A greve dos caminhoneiros, que tem ganhado enorme repercussão no Brasil, tem sido usada por cibercriminosos para disseminação de links maliciosos por meio do WhatsApp. O ataque foi identificado pela empresa de segurança cibernética Kaspersky Lab.

Como em ataques anteriores, a campanha utiliza um tema popular e da engenharia social para se propagar. Na mensagem, a vítima recebe um link malicioso, na esperança de encontrar uma lista de postos de gasolina em que o combustível ainda estaria disponível.

Em menos de 24 horas, mais de 60 mil usuários acessaram a página falsa e foram expostos a ciberataques que podem variar de acordo com o sistema operacional do smartphone.

A mensagem tem um link encurtado e promete a suposta lista dos postos que ainda têm combustível:

Ao acessar o link, o usuário é redirecionado para uma página fraudulenta e, para acessar a falsa lista com os nomes dos postos que ainda tem combustível, solicita a cidade e estado em que a vítima se encontra.

Imediatamente após compartilhar o link com seus contatos no WhatsApp, o site fraudulento irá, por meio de uma série de redirecionamentos, encaminhar o usuário para sites que oferecem serviços Premium, instalação de aplicativos legítimos ou apenas um direcionamento para sites cheios de propaganda.

Cuidado também!!

Uma nova promoção via WhatsApp promete uma suposta camisa da seleção brasileira de futebol. Entretanto, segundo alerta da Kaspersky Lab, trata-se de um novo golpe orquestrado por cibercriminosos cujo domínios estão hospedados na Rússia.

A mensagem entregue via aplicativo informa ao usuário que a Nike estaria comemorando 22 anos vestindo a seleção e, por isso, estaria oferecendo uma camisa oficial como brinde. Para conseguir a camiseta, o usuário precisaria ainda compartilhar a mensagem recebida com sua lista de contatos – ajudando a escalar a campanha dos hackers.

Segundo a Kaspersky, o golpe tem implicações distintas para Android e iPhone. Isso porque no primeiro caso, o usuário é levado a instalar um aplicativo malicioso que infecta o smartphone com um malware chamado Adware:AndroidOS.Dnotua. Para ganharem dinheiro, os hackers fazem uso de propaganda agressiva nos apps. Já no segundo caso, o usuário é levado a instalar aplicativos que estão na App Store, algo que pode mascarar suspeitas por estarem na loja oficial da Apple. Cada vez que os apps são instalados, ainda que não façam mal ao smartphone, os hackers ganham dinheiro por terem viabilizado o download.

A Kaspersky reporta que o golpe está ligado ao Leste Europeu, já que os domínios aos quais os usuários são direcionados estão hospedados na Rússia.

A companhia aconselha aqueles que forem vítimas do golpe a desinstalerem os apps suspeitos ou ainda realizar a restauração total do smartphone, mas não sem antes realizar o backup dos dados.

Fonte: Idgnow

Anúncios

app TeenSafe tiveram suas informações comprometidas

Milhares de contas de pais e de adolescentes do app TeenSafe, utilizado por pais para monitorar os aparelhos de seus filhos, tiveram suas informações comprometidas. Segundo informações do portal ZDNet, pelo menos um servidor hospedado na Amazon Web Services, usado pelo app, vazou dezenas de milhares de contas de seus suários.

Os dados, incluem senhas e IDs da Apple, que teriam sido armazenados em texto simples. Tais dados estariam disponíveis para qualquer um que se desse ao trabalho de explorá-los, já que não exigia uma senha.

A brecha em questão foi identificada pelo pesquisador de segurança Robert Wiggins. Ele descobriu que dois servidores teriam sido afetados, mas que apenas um deles, aparentemente, armazenava os dados dos usuários.

O aplicativo TeenSafe oferece um serviço visto por muitos como controverso – isso porque permite pais terem acesso ao histórico de navegação do aparelho de seus filhos, além de mensagens compartilhadas, incluindo em serviços como o WhatsApp e iMessage, localização e apps que foram instalados. O app não requer o consenso de seus filhos para acessar o aparelho dos mesmos.

Em comunicado a ZDNet, um porta-voz do TeenSafe informou que começou a alertar os usuários que potencialmente podem ser afetados e que fechou um dos servidores afetados. No total, cerca de 10.200 contas, nos últimos três meses, foram comprometidas. Os dados comprometidos não incluem fotos, mensagens ou localizações de usuários.

Fonte: Idgnow

Fake News e as Eleições 2018 Brasil

Facebook confirmou na última quinta-feira (10) o lançamento de um programa de combate às fake news no Brasil. A parceria com as agências de verificação de fatos (fact checkingAos Fatos e Agência Lupa, o projeto visa avaliar fatos denunciados como falsos por usuários do Facebook.

As agências terão acesso às denúncias de notícias falsas feitas pela comunidade a fim de analisar a sua veracidade. A ideia é que, quando confirmada a falsidade, esses materiais tenham a sua distribuição orgânica diminuída de maneira significativa no Feed de quem participa da rede social. Eles também não poderão ser impulsionados na rede.

Segundo o Facebook, a adoção de um sistema similar nos Estados Unidos no final de março deste ano já ajudou a cortar em 80% a distribuição orgânica de fake news – o que pode ser um bom sinal para o Brasil, especialmente em ano eleitoral. Nos EUA, a mesma iniciativa permitiu reduzir em 80% a distribuição orgânica de notícias consideradas falsas por agências parceiras do Facebook.

O programa será lançado a seis meses das eleições, Cristina Tardáguila, diretora da Agência Lupa, acredita que terá um forte impacto no ano eleitoral.

Fonte: Idgnow

Pensa num canal de ciência que agrada a crianças e adultos, sim existe e é muito divertido

Manual do Mundo é um website brasileiro especializado em conteúdos educativos e de entretenimento, criado em 2008 pelo jornalista Iberê Thenório e sua esposa, a terapeuta ocupacional Mariana Fulfaro.

O site apresenta diversas dicas de experiências científicas, receitas, desafios, pegadinhas, mágicas, origamis, entre outros, para facilitar o dia-a-dia, com a intenção de estimular o interesse do internauta pela ciência, tornando-a mais acessível e atrativa. A maior parte do que é ensinado no Manual do Mundo, é apresentada em vídeos curtos, três vezes por semana e hospedados no canal do projeto no YouTube.

Além disso, oferece oficinas infantis, sempre ligando o entretenimento ao aprendizado, e organiza palestras sobre inovação na educação e bom uso de recursos digitais nas escolas e conta com mais dois canais, também apresentados por Iberê e Mari.

Vlog do Manual do Mundo, tem vídeos explicando as gravações do Manual do Mundo e a série #AprendiHoje e o A Experiência, onde são divulgados os produtos da loja em vídeo.

Vale a pena conferir!

Novo Gmail

O Google anunciou nesta quarta-feira (25) todas as novas funcionalidades que estarão disponíveis com a nova versão; há novidades tanto para a versão do computador, quanto a versão do celular.

Um dos destaques é o modo confidencial, que permitirá que você desabilite que o destinatário acesse as opções de encaminhar, copiar, baixar ou imprimir mensagens. Segundo o Google, é uma alternativa bacana para quem precisa enviar dados sensíveis, como sua declaração de imposto de renda. Será possível também fazer com que uma mensagem expire depois de um determinado período.

Boa parte do novo visual concentra atividades na caixa de entrada: a partir dela podemos baixar anexos (como fotos) sem abrir a mensagem; colocar uma mensagem em modo “soneca” para ser lembrado depois e acessar pela lateral direita o Google Keep, Calendário e Tasks.

Haverá também alguns alertas para emails considerados importantes que você não respondeu. A funcionalidade de “Respostas Inteligentes”, antes disponíveis apenas no celular, também passará a fazer parte da versão web – são apresentado alguns botões com respostas rápidas para as mensagens.

Haverá uma opção para notificações de alta prioridade no celular – desta forma, nem todos os emails que chegarem irão apitar. Sugestões para a cancelar assinaturas de newsletters e alertas para emails potencialmente perigosos completam as novidades.

A nova interface do Gmail está sendo liberada a partir de hoje. Segundo o Google, quem quiser ativá-la só precisa ir até as Configurações (botão de engrenagem) e selecionar “Testar o novo Gmail”. Para voltar a versão clássica, é só fazer o mesmo caminho.

Série: Internet, os perigos que nossos filhos estão correndo (parte 3)

E ai gente boa!

Começamos uma série de 3 postagens que surgiu de conversas com pais e professores da escola de meus filhos que na sua maioria estão de fato preocupados com o bem estar de seus filhos, mas a correria do dia-a-dia e a busca pela sobrevivência os impede de estarem mais próximos e serem mais participativos.

O presente trabalho não pretende esgotar o assunto, nem mesmo apresentar novos procedimentos de avaliação e recredenciamento. A intenção é levantar algumas dicas e orientações!

No nosso último encontro falei sobre os pais estarem preparados para administrar os novos comportamentos dos filhos devido às interações digitais. Você já conversou com seus filhos sobre “Cyberbullying“?

Hoje existe muito material e palestras sobre bullying, porém, o avanço das mídias sociais os profissionais de psicologia e pesquisadores de comportamento digital têm ficado mais atentos à prática de agressões na internet, os chamados Cyberbullying.

Poucos minutos de conversa com os pais é possível chegar a conclusão: Muitos pais desconhecem as novas redes sociais e as suas formas de uso. É fundamental que pais, educadores atualizem-se para poder orientá-los de forma adequada.

Muitos são os prejuízos para a criança que sofre com Cyberbullying, a autoestima e problemas de saúde física ou até transtornos mentais como a depressão e a síndrome do pânico, são os sintomas mais comuns entre eles. Muitas delas não contam aos seus pais e isso é perigosíssimo.

Chegamos à uma questão crucial: a vítima de Cyberbullying precisa se sentir acolhida, tendo uma base de segurança onde se apoiar.

Minha dica é: Tome atitude! Em primeiro lugar é importante buscar soluções em conjunto com outros pais ou escola, caso o agressor seja identificado. É possível buscar orientação online gratuita. No site http://new.safernet.org.br/helpline pode-se obter ajuda contra crimes ou violações dos direitos humanos na internet. Também existem delegacias especializadas em crime cibernético.

Cyberbullying – Movimento Família Mais Segura na Internet

Fonte: Cert.br, CGI.br, Família +Segura na Internet, CanalTech, safernet.org.br

Série: Internet, os perigos que nossos filhos estão correndo (parte 2)

E ai gente boa!

Começamos uma série de 3 postagens que surgiu de conversas com pais e professores da escola de meus filhos que na sua maioria estão de fato preocupados com o bem estar de seus filhos, mas a correria do dia-a-dia e a busca pela sobrevivência os impede de estarem mais próximos e serem mais participativos.

O presente trabalho não pretende esgotar o assunto, nem mesmo apresentar novos procedimentos de avaliação e recredenciamento. A intenção é levantar algumas dicas e orientações!

É verdade que a correria do dia-a-dia é tanta que, às vezes, as coisas mais importantes e significativas tem ficado de lado. Mas, quando se trata do seu filho, da sua família será que eles podem esperar?

Nós como pais precisamos administrar tanta coisa não é? E a mudança de comportamento dos filhos, você já pensou nisso? Tais mudanças exigem de nós novos comportamentos à vista de equilíbrio saudável no lar. E cada vez mais precisamos cuidar das nossas crianças e adolescentes. Eles são presenteados com as mais novas tecnologias porém sem nenhuma trava, conselho, supervisão ou filtro das informações que receberão.

Existem lugares no mundo digital em que as crianças e jovens não devem ir, e certas pessoas e tipos de informações, a qual elas não estão preparadas para encontrar.

Falo isso, porque as crianças são alvo certo e podem tropeçar em um site com conteúdo sexual, violento ou até mesmo ofensivo. Elas são alvos inocentes de propagandas online enganosas, algumas das quais tentam obter até mesmo dados sigilosos pessoais ou de familiares.

Fique atento!

Dicas de Segurança:

  • Crie uma lista com regras da casa para o uso da internet com a participação de seus filhos.
  • Estimule-os a visitar apenas os sites que você aprovou.
  • Mantenha o computador conectado à internet em um local de uso comum na casa, para que você possa supervisionar o seu uso com facilidade.
  • Pesquise sobre ferramentas de filtragem da Internet (exemplo de ferramenta no vídeo abaixo)

Aprenda a bloquear sites pornográficos e perigosos no computador
TecMundo

Fonte: Cert.br, CGI.br, Família +Segura na Internet, TecMundo, OpenDNS.com