Presidente Temer sanciona lei de combate ao bullying nas escolas

O presidente Michel Temer sancionou hoje (14) uma lei de combate ao bullyingns escolas. O texto sancionado hoje altera um trecho da Lei 9.394, de 1996. A atualização na lei inclui a responsabilidade das escolas em promover medidas de combate ao bullying, além de pensar em ações de promoção da cultura de paz.

A lei original, instituída no governo Fernando Henrique Cardoso, estabelece as diretrizes e base da educação nacional. O artigo 12, alterado pela lei sancionada hoje, trata da incumbência dos estabelecimentos de ensino.

“Os estabelecimentos de ensino, respeitadas as normas comuns e as do seu sistema de ensino, terão a incumbência de:

[…]

IX – promover medidas de conscientização, de prevenção e de combate a todos os tipos de violência, especialmente a intimidação sistemática (bullying), no âmbito das escolas;
X – estabelecer ações destinadas a promover a cultura de paz nas escolas”, diz a lei atualizada.

Além das atitudes típicas de bullying, a matéria busca combater outros tipos de violência como agressão verbal, discriminação, práticas de furto e roubo, ameaças e agressão física. O projeto de alteração da lei saiu do Senado dia 17 de abril para sanção presidencial.

Lei Antibullying

A lei sancionada hoje amplia as obrigações das escolas previstas na lei que criou o Programa de Combate à Intimidação Sistemática (Bullying), sancionada em 2015 pela então presidente Dilma Rousseff. Esta lei, que entrou em vigor em 2015, prevê que, além de clubes e agremiações recreativas, as escolas desenvolvam medidas de conscientização, prevenção e combate ao bullying.

Fonte: Agência Brasil

Anúncios

Liderança – Visão, Alvos e Gestão de Projetos


E ai gente boa!

“Não existe ventos favoráveis para quem não sabe para onde vai”. Seneca

Minha experiência Haggai com Pb. Fernandão na matéria Visão, Alvos e Gestão de Projetos está na frase: “Não só planejar, é preciso coragem para executar”.

Pois então, existem três tipos de pessoas: os que fazem as coisas acontecerem, os que ficam olhando as coisas acontecerem, e os que nem sabem o que está acontecendo.

A obra “Alice no país das maravilhas”, contém a cena mais utilizada para exemplificar que muitos não percebem que perderam um tempão, rumo ao lugar que nada tem a ver com os seus sonhos.

A cena é o encontro de Alice com o gato, ela está perdida, e de repente, vê no alto da árvore o gato. Ela olha para ele lá em cima e diz assim:

Alice: “Você pode me ajudar?”
Gato: “Sim, pois não!”
Alice: “Para onde vai essa estrada?”
Gato: “Para onde você quer ir?”
Alice: “Eu não sei, estou perdida!”
Gato: “Para quem não sabe para onde vai, qualquer caminho serve!”

Quantas pessoas não se encontram assim, não é mesmo?

A importância da visão de um líder e de onde quer chegar é, algumas delas:

  • Manter direção – isso unifica
  • Criar estimulo – isso atrai pessoas
  • Apoiar decisões – não ficar em cima do muro, isso motiva e encoraja.

Veja abaixo esse vídeo, e entenderá o quanto é importante planejar bem e executar com excelência, afim de ver o bom resultado (sonho).

 

Liderança – Conta Bancária Emocional (Stephen Covey)

E ai gente boa!

Uma das grandes prioridades do líder deve ser sua família. J. C. Maxwel afirmou: “Um líder jamais chega a ponto de não mais precisar estabelecer prioridades. Um líder precisa entender que atividade não significa necessariamente produtividade”.

Quais tem sido os princípios que regem as prioridades de nossa vida? Estamos estabelecendo critérios para o uso do nosso tempo, baseado no exercício dos nossos papéis? Cada um de nós exerce vários papéis em nossa vida familiar, estudantil, profissional e comunitária. Esses papéis são definidos por nossos relacionamentos.

É nesse ponto que gostaria de compartilhar algumas anotações acerca da experiência Haggai que tive com o professor Sérgio na matéria Família e Prioridades do Líder.

Em sua obra intitulada “Os 7 hábitos das pessoas altamente eficazes”, o americano Stephen Covey, apresenta formas de instaurar novos hábitos que nos permite sair de nossa zona de conforto e atingir nossas metas e objetivos, alcançando a realização e satisfação plena.

Segundo o autor da obra, nossos relacionamentos são como contas bancárias, onde podemos diariamente realizar transações, como depósitos, retiradas e checagens de saldo.

Conta bancária emocional:

  • É como banco, mas a reserva é de confiança e amor.
  • Sem saldo de confiança e ou amor, não há casamento feliz.

Sugestões de depósitos:

  • Tente compreender o outro, se colocando-se, mesmo, no lugar dele.
  • Esclareça as expectativas.
  • Demostre integridade pessoal
    • Honestidade é adequar nossas palavras à realidade
    • Integridade é adequar nosso atos (a realidade) às nossas palavras
    • Integridade é também ser leal a quem não está presente.
  • Preste atenção às pequenas coisas (bloquinho de anotações é um grande amigo nessas horas)
  • Honre os compromissos
  • Peça desculpas sinceras quando você fizer uma retirada
    • Se você pisou na bola, seja sincero.

Portanto, se estiver errado, confesse; se estiver certo, perdoe; no cotidiano, não critique, encoraje!

Pessoas são mais importantes que coisas!

Servir você sabe o que é isso? (uma resenha sobre o livro: Gente Servindo Gente)

E ai gente boa!

Em março deste ano fui presenteado pelo diretor de TI com o livro: “Gente servindo Gente | Talento e atitude a serviço do cliente”, do autor Cícero Domingos Penha, da Editora de Cultura, 2013.

Esta obra é um convite à mudança de mentalidade nas empresas em prol do progresso de pessoas e comunidades em torno do valor de servir. Essa metanoia baseada na filosofia do fundador do Grupo Algar, Alexandrino Garcia, que inaugurou ao transformar em máxima a constatação de que “é o cliente quem paga os salários dos associados”.

Sobre o autor: Cícero Domingos Penha, é vice-presidente corporativo de Talentos Humanos do Grupo Algar e presidente da Algar Universidade de Negócios (UniAlgar).

De fácil leitura é um exemplar importante para iniciantes na prestação de serviços e fundamental para aqueles que precisam voltar a rever seus conceitos de servir!

Abaixo algumas percepções e anotações que fiz de alguns capítulos!

Parte 1 – Entendendo o significado de servir
Neste capítulo aborda as definições de Servir e seus significados. E certamente a definição que “quem faz com amor faz melhor, faz bem-feito, se sente realizado”, é a qualidade que se espera de toda liderança e desta a influência para seus liderados.

Parte 2 – A grandeza de viver para servir
Neste capítulo o destaque está para a característica fundamental do viver que deve ser o “combustível do servir”: a autoestima. Quanto maior a autoestima melhor o serviço prestado.

Parte 3 – O que ganhamos quando servimos
O ser humano que tem a capacidade de entender que a vida e carreira é um eterno servir, ele pratica a generosidade sem restrições e ambições, pois “o sucesso da nossa carreira depende da nossa capacidade de servir”.

Parte 4 – Trabalhar, servir, encantar
A citação ao pensamento de Mahatma Ghandi, o grande líder pacifista da Índia, que liderou um processo de independência de seu pais, e que afirmou em linhas gerais que quem não tem sua vida voltada para servir ao outro não serve para viver neste mundo, é uma máxima que muitos desdenham, mas com certeza leva a um consenso comum, precisamos uns dos outros para viver bem.

Parte 5 – Filosofia “Gente servindo gente”
Neste capítulo a abordagem fica para a missão e visão criada pelo fundador do Grupo Algar, Alexandrino Garcia. Suas convicções formatadas no sentido de criar uma cultura de “Clientividade” (termo defendido pelo autor da obra) como uma forma de melhoria de todos os profissionais nas relações com o cliente.

Parte 6 – O universo dos serviços
Neste capítulo a preocupação do Grupo diante de tal filosofia no capitulo anterior mencionado, está no grande desafio de inovar e fazer o melhor que os seus concorrentes, com o foco na sustentabilidade. Segundo o autor a preferência do cliente dependerá do tipo de entrega do que foi vendido ou prometido, da atenção que ele terá, da forma como será tratado, do vínculo de confiança que for construído.

Parte 7 – O universo do cliente
Parte 8 – O significado do cliente para a empresa e para a nossa carreira
Parte 9 – O que interessa para o cliente
Parte 10 – O cliente não paga a incompetência
Nestes capítulos reforçam muito o que foi dito no capítulo 6, destacando a importância de conquistar a confiança do cliente, como fator determinante para servi-lo com foco.

Parte 11 – Desenvolvendo a atitude servidora
Parte 12 – Liderança servidora
Parte 13 – Fatores que auxiliam a ter atitude servidora
Nestes capítulos o fator atitude é tudo. Quem tem poder, age! A inspiração no líder fará os seus liderados manterem um comportamento e a atitude servidora. Desenvolvendo entre cliente e fornecedor o melhor e mais transparente relacionamento.

Parte 14 – Mente voltada para o cliente e para o bem servir
Neste capítulo aborda a mentalidade do servir e na definição do que é o cliente.  baseado nas práticas de comércio e nos desafios de manter e conquistar novos clientes.

Parte 15 – Conduta geral esperada de cada talento em relação ao cliente
Um dos capítulos mais importantes para mim. Elencar as mais relevantes atitudes, gestos e ações que uma empresa espera de cada talento humano traduzirá boas e senão as melhores práticas nas interações com o cliente.

Parte 16 – Como cada talento pode ajudar a empresa a vender
Direta ou indiretamente, somos todos vendedores, nesta afirmação o autor aborda nesse capítulo a importância dos talentos humanos desenvolverem uma proatividade, independente das funções clássicas que cada um exerça.

Parte 17 – Desenvolvendo habilidades no trato com o cliente
Parte 18 – Usando a inteligência e o bom senso
Parte 19 – Regras de ouro no atendimento ao cliente
Todos nós passaremos por momentos tensos. Não há como escapar das ofensas, desaforos, provocações, desentendimentos e desabafos de clientes e até mesmo colegas de trabalho. Manter a linha, a conduta e a educação são as melhores práticas. Isso não é fácil, mas com o tempo e próximo de colegas mais experientes essas habilidades serão desenvolvidas. Outros senão, importantes capítulos. Muitos esquecem do comportamento que devem apresentar diante das adversidades, quando um cliente deseja desabafar. É preciso ter inteligência emocional.

Parte 20 – Preparando-se para batalha comercial
Revisar continuamente a estrutura organizacional, adaptando politicas, processos e procedimentos operacionais, de modo a tornar simples, prática e acessível a viabilização do atendimento ao cliente e a realização de negócios é o maior desafio no dia-a-dia dos gerentes e supervisores. Para tanto é necessário como o autor afirma investir em educação continuada, proteger a marca e sempre cultivar a espírito de servir, só assim poderá fazer melhor.
Conclusão:
“Trate bem o cliente, é ele quem paga seu salário”. Alexandrino Garcia
“Mais do que satisfazer, devemos ter como obrigação encantar o nosso cliente”. Luiz Alberto Garcia

Certa vez um pastor me disse: “Fabiano para ser um bom líder precisa ser um bom liderado; mas para ser um bom mestre precisa saber servir, e servir bem, então aprenda a ser um excelente diácono”. E ele tinha toda a razão!
João 13:13-14
Vós me chamais Mestre e Senhor, e dizeis bem, porque eu o sou. Ora, se eu, Senhor e Mestre, vos lavei os pés, vós deveis também lavar os pés uns aos outros.

Novidades no Blog nestes próximos dias!

E aí gente boa! Essa semana vou trazer uma novidade aqui no blog. Foram 5 dias de imersão em literatura, aulas, apostilas, dinâmicas no assunto de liderança no Instituto Haggai e gostaria de compartilhar um pouco deste aprendizado.

hehe é claro, não vou repassar tudo, e as linhas gerais que gostaria de multiplicar como base de conhecimento e fomentar em você o desejo de estudar sobre o assunto, e o que vou escrever nestes próximos 5 dias é sobre os seguintes temas:

  • Liderança (minha experiência no Haggai)
  • Internet, os perigos que nossos filhos estão correndo
  • Serviço – Diaconia (uma resenha sobre o livro de Cícero Domingos Penha: Gente Servindo Gente | Mentalidade do servir pelo fundador do Grupo Algar, Alexandrino Garcia)
  • Novas dicas de MS Excel que muita gente me pede! kkkk

Fiquem atentos. Abraço amanhã começa!